Você já se perguntou o que passa pela cabeça dos profissionais?  Em nossa nova série, Pro PROs, estamos sentados com alguns dos melhores PROs do mercado e fazendo perguntas difíceis: como qual é o tipo de curso favorito deles e descobrindo de uma vez por todas se eles são pró ou anti-bandeiras . Compartilharemos seus melhores conselhos e dicas de configuração de percurso para você levar de volta aos seus percursos de corrida.

O destaque do PRO de hoje apresenta um dos PROs mais jovens do mundo, Jeppe Krat!

Ele próprio um ávido marinheiro, Jeppe decidiu ingressar no jogo PRO cedo e, há 3 anos, tornou-se o mais jovem oficial de regata certificado da Dinamarca. 

Saiba qual é o local favorito de Jeppe, seus conselhos para novos oficiais de corrida e se ele é tratado de maneira diferente por causa de sua idade.

Vamos ouvi-lo para Jeppe!

foto Jeppe Krat
Conte-nos um pouco sobre de onde você é, seu histórico de navegação e quando você se tornou um PRO.

Sou de Copenhague, na Dinamarca, e velejo há mais de oito anos. Durante minha carreira de sial, naveguei RS Tera, Zoom8 e agora navego no 29er. Há pouco mais de três anos, decidi me tornar um PRO.

Qual é o seu melhor conselho para alguém novo no comitê de regata?

Saia com alguém experiente e aprenda com eles. Aprender todas as boas práticas de outros oficiais de corrida é melhor feito na água, onde está toda a ação. Visite os Cursos de Gestão de Regatas das associações de vela e amplie sua rede.

Sendo um profissional tão jovem, você já foi tratado de forma diferente por outros oficiais de regata ou velejadores por causa da sua idade?

Há um respeito geral em ser um jovem oficial de corrida. Sinto que há muitos que acham óptimo que eu, um jovem velejador, me tenha envolvido na Gestão de Regatas. Também estou consciente de ser muito profissional no meu trabalho e procuro aconselhamento e apoio de Gestores de Corrida mais experientes.

Qual é a violação de regra mais flagrante que você já viu?

Vejo principalmente uma navegação muito justa, onde os velejadores cumprem as regras e assumem suas penalidades. Os erros que vejo são muitas vezes mais por falta de conhecimento das regras do que por más intenções.

Onde é o seu local favorito?

Køge Bugt, a baía localizada perto da minha cidade natal, Greve, tem uma das melhores áreas para velejar do mundo. A combinação de ventos fortes vindos de terra e grandes ondas do Mar Báltico torna o local versátil. Não é à toa que as pessoas dizem “se você pode navegar em Køge Bugt, pode navegar em qualquer lugar”.

Curso mais difícil de configurar corretamente?

Percursos com falta de barcos de apoio ou MarkSetBots.

Você é pró ou anti bandeiras?

Acho que as bandeiras são fáceis de entender para os marinheiros. É uma maneira fácil de se comunicar com muitos marinheiros.

Você vê diferença entre correr uma corrida com Bots e sem?

A falta de uma grande equipe de corrida é perceptível, mas a capacidade de mudar o curso em poucos segundos e com grande precisão é o mais notável. Os bots facilitam o traçado de um bom percurso e ajudam a oferecer corridas ainda melhores para os velejadores.